Comitê de Bacia do Rio Banabuiú define operação do Sistema Hídrico Poço do Barro

29/08/2019 # # # #

 

Em mais um encontro para discutir a gestão das águas da Bacia Hidrográfica do Rio Banabuiú, os membros do Comitê de bacia da região conversaram sobre assuntos operacionais, de orçamento e de gestão. O colegiado, formado por representantes da sociedade civil, poder público e usuários de água destacaram o II Encontro de Estudos e Iniciativas de combate a Desertificação no Ceará e debateram também a operação para o segundo semestre do Sistema Hídrico Poço do Barro. O grupo conversou ainda, com a participação da Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh), sobre o Orçamento do Comitê para o ano de 2020. O encontro ocorreu no município de Piquet Carneiro, na última terça-feira (27).

Para a operação do segundo semestre do Sistema Hídrico Poço do Barro, o grupo colegiado deliberou pela vazão mínima de 60 l/s , e a máxima de 100l/s de retirda de água. O Comitê acompanhou ainda a palestra sobre as tendências climáticas para 2020, apresentada pela meteorologista da Funceme, Meyre Sakamoto.

Um total de 40 instituições/membors participaram do encontro. A assembleia foi Coordenada pela Diretoria do Comitê da Sub-Bacia Hidrográfica do Rio, representada pelo Presidente Francisco Almir Frutuoso Severo (Chico Almir), Vice-Presidente Francisco José de Sousa Pinheiro (Kim), e Secretário Adjunto Leonel Lemos Maia.

Saiba mais

A Cogerh segue os preceitos estabelecidos pela política nacional dos recursos Hídricos e presta apoio às organizações sociais para a gestão das águas do estado. Quem operacionaliza o trabalho são os Núcleos de Gestão de cada Gerência de Bacia da COGERH, coordenado, no âmbito estadual, pela Gerência de Gestão de Recursos Hídricos – GERHI, que funciona na sede da COGERH em Fortaleza.