Ajustada operação no açude Mamoeiro

09/10/2019

Reservatório registra 64% da sua capacidade volumétrica, valor que equivale a 13,1 milhões de m³

 

Usuários de água e representantes de instituições da sociedade e do poder público  aprovaram nesta terça-feira (08), em Antonina do Norte, um ajuste na operação do Açude Mamoeiro. O reservatório passa a operar com uma liberação da vazão média de 200 L/s até o dia 08/11/2019. A medida foi aprovada de forma consensual pela plenária.

Dados da Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh) atestaram que após dois meses de operação no reservatório a água não avançou de forma satisfatória. Aproximadamente 10 km já foram percorridos, faltando ainda cerca de 10 km para atingir o final do trecho, na comunidade de Cachoeira.

O gerente regional da Cogerh de Iguatu, Anatarino Torres, apresentou os dados técnicos do Açude Mamoeiro que se encontra, atualmente, com 64% da sua capacidade volumétrica, que equivale a 13,1 milhões de m³. Ele relembrou a reunião de alocação do reservatório, onde foi escolhida a vazão média de 50 L/s, que deveria ser liberada pela válvula de forma contínua pelo período de 24/07/2019 à 31/01/2020.

A reunião contou com a participação de 46 pessoas, entre usuários de água e representantes de instituições da sociedade e do poder público do município. A Cogerh de Iguatu esteve representada também pela coordenadora de gestão Hewelânya Uchôa, a analista em gestão de recursos hídricos Isabel Cavalcante e o técnico Gutemberg Fernandes.