Em reunião foram determinadas várias ações, devido o volume morto do açude, priorizando o abastecimento humano

No dia 26 de janeiro, os usuários do Vale do Angicos, bem como usuários à sua montante, localizados nos municípios de Frecheirinha, Uruoca, Coreaú, Moraújo e Senador Sá, reuniram-se no Auditório da Escola Maria Menezes Cristino, no distrito do Araquém, município de Coreaú-CE. O objetivo foi discutir a situação emergencial das águas do Vale do açude Angicos, tendo sido previamente articulada com a Promotoria Pública de Coreaú-Moraújo, por meio do promotor Osvando Muniz Lima Filho, que tratou da convocação dos principais usuários do Vale e a Companhia de Gestão ficou responsável por mobilizar as demais instituições presentes.

O açude encontra-se utilizando o seu volume morto e, ainda assim, tendo que percorrer um trecho para atender aos usuários com irrigação, o que não será mais possível dada a baixa quantidade de água e a previsão de mais um ano de seca. Depois das considerações feitas, a Cogerh indicou a limpeza do trecho do rio, a retirada de cercas e ficou acertado com os usuários presentes, em parceria com a promotoria, a retirada de motores usados para fins de irrigação. Sendo este uso paralisado, para que se consiga atender ao abastecimento humano, uso prioritário, que já vem apresentado deficiência.

Estiveram presentes, também, na reunião representantes da Comissão Gestora do Açude Angicos, representantes das sedes locais e regionais, da Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece), representante da Prefeitura de Coreaú, Antônio Cristino, e a Cogerh/Sobral, o gerente das Bacias do Acaraú e Coreaú, Vicente Lopes, o coordenador do Núcleo de Gestão, Bartolomeu Almeida, e a técnica Kamylle Prado.

 

Assessoria de Comunicação e Marketing

Rafaele Esmeraldo Menezes

Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos – Cogerh

Fone: + 55 85 3218.7020

rafaele.esmeraldo@cogerh.com.br

Twitter: @Cogerh_ce

Facebook:https://www.facebook.com/cogerh

Compartilhe:

categorias: | Notícias
tags: