Página Inicial Imprensa Noticias Comitê de Bacias dos Sertões de Crateús debate situação hídrica local

Comitê de Bacias dos Sertões de Crateús debate situação hídrica local

Avalie este item
(0 votos)

A chefe do Núcleo de Meteorologia da Funceme, Meyre Sakamoto, relatou as tendências climáticas para 2018

A fim de debater temas como segurança de barragens e tendências climáticas para 2018, os membros do Comitê de Bacia Hidrográfica dos Sertões de Crateús estiveram na 17ª Reunião Ordinária, no dia 19 de dezembro, no auditório da Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece)/Crateús.

Na oportunidade, a presidente do Comitê, Nilce Pereira, fez uma breve apresentação dos membros presentes. Em seguida, o secretário adjunto do Comitê, Leandro Oliveira, proferiu a leitura da ata da reunião anterior.

Logo, a orientadora da Célula de Articulação com o Usuário da Secretaria de Recursos Hídricos (SRH), Márcia Caldas, apresentou “Desafios de um Comitê”, abordando as considerações sobre o seu funcionamento, destacando alguns conceitos e atribuições do colegiado, além de orientações sobre boa conduta durante as reuniões.

Em seguida, as engenheiras da Célula de Segurança de Barragem da SRH, Mariana Fontenelle e Fernanda Furtado, fizeram uma explanação mostrando como funcionará o Cadastro Estadual das Barragens, abordando conceitos da Política Nacional de Segurança de Barragens, a Lei de Segurança de Barragens (Lei 12.334/2010) e a importância desse cadastro de integrar e consolidar os dados das barragens dentro da competência do órgão fiscalizador que é a SRH.

A chefe do Núcleo de Meteorologia da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme), Meyre Sakamoto, apresentou as tendências climáticas para 2018, mostrando como ficou o comportamento da precipitação dos municípios dos Sertões de Crateús, em 2017. Também, explanou o histórico de chuvas observadas nos anos anteriores, na região da bacia dos Sertões de Crateús. Quanto ao prognóstico para 2018, o estudo será divulgado somente no dia 19 de janeiro.

Atualmente há uma vacância no Comitê, no setor sociedade civil. Desta forma, o técnico da Gerência dos Recursos Hídricos da Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh)/Fortaleza, Mateus Perdigão, explica o processo a ser seguido para o preenchimento da vaga, de acordo com o regimento.

Em alusão aos cinco anos de criação do Comitê, o membro Pedro Florindo foi convidado a fazer um breve relato da experiência neste colegiado, uma vez que atuou ativamente no processo de criação e gestão.

Da Cogerh/Crateús estiveram presentes o coordenador de Gestão Participativa, Ewerton Torres, a técnica da Gestão, Edna Servolo, a estagiária Júlia Gomes, e os membros das instituições do setor usuários, sociedade civil, poder publico municipal, estadual e federal.

 

 


Assessoria de Comunicação e Marketing
Rafaele Esmeraldo Menezes
Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh)
Fone: + 55 85 3195.0718
rafaele.esmeraldo@cogerh.com.br
Twitter: @Cogerh_ce
Facebook:https://www.facebook.com/cogerh

Ler 399 vezes