Página Inicial Imprensa Noticias Delegação da Etiópia conhece modelo de gestão compartilhada de águas praticado no Ceará

Delegação da Etiópia conhece modelo de gestão compartilhada de águas praticado no Ceará

Avalie este item
(0 votos)

Presidente da Cogerh, João Lúcio Farias, mostrou a experiência de Gestão Compartilhada desenvolvida no Estado há mais de duas décadas

 

 

O presidente da Companha de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh), João Lúcio Farias, apresentou, nesta segunda-feira (04/12) o modelo de gestão compartilhada de águas desenvolvido no Ceará a uma comitiva formada por membros do Governo da Etiópia. O grupo permanece no Ceará por toda essa semana, visitando instalações do sistema hídrico e da Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece). A comitiva também viaja ao interior do Estado para conhecer o Sistema Integrado de Saneamento Rural (Sisar).

Diante de uma plateia atenta formada por membros do governo etíope, do Unicef, e de técnicos da Fundação Nacional de Saúde (Funasa) e da Cagece, João Lúcio apresentou inicialmente a infraestrutura hídrica do Ceará: açudes, eixos de integração, estações elevatórias etc. Em seguida, mostrou com detalhes o processo de Alocação Negociada de Águas, principal pilar da gestão dos recursos hídricos no Estado.

O presidente falou ainda dos projetos desenvolvidos pela Cogerh, como os estudos dos aquíferos no Cariri, Apodi e Dunas e o monitoramento qualiquantitativo das águas. Por último, apresentou o conjunto de intervenções que a companhia vem desenvolvendo em virtude do agravamento da estiagem, que já chega a oito anos em algumas regiões do estado.

De acordo com a coordenadora de Saneamento Urbano do Ministério de Irrigação, Água e Eletricidade, do Governo da Etiópia, Shewanesh Demeke Weldemeskel, na Etiópia existe um sistema federativo de água e esgoto e a expectativa é ver como o governo brasileiro implementa os mecanismos de abastecimento de água, principalmente, no que diz respeito à gestão desses mecanismos e, ainda, de que forma pode ser adaptado no contexto etíope.

“Também queremos aprender como funciona a relação entre governo e municípios e como se aplica na prática as tecnologias disponíveis. A ideia é levar esse conhecimento para nosso contexto para ver como podemos pensar em modelos parecidos”, informou. Saiba mais Composta por três representantes do Governo da Etiópia, quatro do Unicef e dois do Programa de Administração de Assuntos de Refugiados, a delegação cumpre agenda no Ceará até o próximo dia 8. Participaram desta primeira reunião, gestores da Fundação Nacional da Saúde (Funasa) e da Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh).

A COMITIVA

Composta por três representantes do Governo da Etiópia, quatro do Unicef e dois do Programa de Administração de Assuntos de Refugiados, a delegação cumpre agenda no Ceará até o próximo dia 8. O grupo viaja nesta terça-feira (05/12) para Sobral, Santana do Acaraú e Itapipoca.

Ler 190 vezes Última modificação em Terça, 05 Dezembro 2017 11:44