Serviço apresentado pelo DNOCS foi orçado em R$ 306.979,36

Na última quinta-feira, 05, o Comitê da Sub-Bacia Hidrográfica do Alto Jaguaribe realizou a sua primeira Reunião Ordinária de 2020 no Campus Multi Institucional Humberto Teixeira, em Iguatu. Na ocasião foi apresentada a recuperação da barragem Trussu pelo Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (DNOCS).

O técnico do DNOCS, Clesio Jean Saraiva, e o engenheiro da construtora Construnova, Antônio Fernando, apresentaram o orçamento da obra, avaliada em R$ 306.979,36. Os serviços contratados consistem na recuperação dos taludes de montante e jusante, do coroamento, do sangradouro e da tomada d’água.

Um dos destaques da reunião foi a apresentação do analista André Cunha, representando a Sohidra, que trouxe a informação de que, na bacia do Alto Jaguaribe, no período de 2015 à 2020, foram perfurados 1.023 poços. Onde 371 estavam secos, foram instalados 245 chafarizes e 7 dessalinizadores.

Como encaminhamento da 65ª Reunião Ordinária, o grupo definiu que as reuniões do Comitê serão itinerantes nos municípios da bacia. A reunião contou com a presença de 39 instituições membro e 70 participantes no total. O secretário executivo dos recursos hídricos Aderilo Alcântara participou da reunião, assim como o novo coordenador do Fórum Cearense dos Comitês de Bacias Hidrográficas e presidente do Comitê do Baixo Jaguaribe Aridiano Belk e a presidenta do Comitê do Médio Jaguaribe Flaviana Guimarães.

A Cogerh de Iguatu esteve representada pelo gerente regional Anatarino Torres, pelos coordenadores de operação e gestão Isaac Dias e Hewelânya Uchôa, bem como os analistas Cássio Sales e Isabel Cavalcante, além da assistente administrativa Núbia Vitor.

Compartilhe: