Usuários de água definem operação do Açude Escondido

12/09/2019

 Usuários de água do açude definiram vazão de liberação do reservatório e optaram pela prioridade no abastecimento humano

Alocação Negociada de Água do açude Escondido, em Tarrafas, interior do Estado

Em mais um encontro para definir a operação em reservatórios monitorados pela Cogerh, membros da Companhia e usuários de água do Açude João Pereira de Carvalho, conhecido popularmente como Açude Escondido, promoveram a Alocação Negociada de Água do reservatório. O Açude Escondido fica na região centro sul do Estado e registra atualmente volume de 906.590 m³, valor que representa 65,04% de sua capacidade.

A deliberação do grupo levou em consideração o volume atual do manancial. A gestão dos Recursos Hídricos para a região priorizou o abastecimento humano das comunidades a jusante do açude, em um trecho de aproximadamente 7 km. A decisão foi tomada de forma consensual pelos usuários de água envolvidos no processo de alocação. O grupo também definiu a liberação de água da ordem de 150 L/s e em forma de descarga por 25 dias. Conforme decisão do Comitê, não haverá nenhuma interferência no trecho no período da liberação. Uma comissão fará o acompanhamento da operação.

A alocação de água do Açude escondido ocorreu na Escola José Eutides Vilanova, na comunidade de Vilanova, município de Tarrafas. O gerente regional da Cogerh na região centro-sul cearense, Anatarino Torres, apresentou ao colegiado os dados técnicos do reservatório. Na pauta, a informações eram relacionadas a capacidade hídrica e ao volume do açude.

Um total de 54 pessoas participou da Alocação de Água. Além dos usuários de água da região, estavam também representantes da prefeitura de Tarrafas e gestores e técnicos da Cogerh.