A Comissão Gestora do açude Faé, localizado no município de Quixelô, foi renovada durante Seminário ocorrido no último dia 19 de fevereiro, na Câmara Municipal de Quixelô. Representantes da sociedade civil,  usuários de água e poder público local formam o colegiado que compõe a comissão gestora.

No primeiro momento da reunião ocorreu uma apresentação do gerente regional da COGERH de Iguatu, Anatarino Torres, sobre as características geoambientais da bacia do rio Faé. Em seguida a analista Isabel Cavalcante apresentou o trabalho de gestão dos recursos hídricos no Ceará e um breve histórico da Comissão Gestora do Açude Faé. O açude Faé encontra-se seco desde o ano de 2015.

Veja a composição da Comissão, dividida por segmento:

Usuários de Água:

SAAE de Quixelô;

Associação Nossa Senhora das Graças;

Usuário do Sítio Carnaubinha do Faé;

Usuário do Sítio Alto

Sociedade Civil:

Igreja Católica de Quixelô;

Instituto Cultural e Econômico de Quixelô;

Associação do Sítio Tapuio;

Associação de Moradores e Agricultores de Angico II e Santa Maria

Poder Público:

Prefeitura de Quixelô;

EMATERCE

A COGERH (Gerência de Iguatu) também esteve representada,pela coordenadora de gestão Hewelânya Uchôa, a assistente administrativo Núbia Vitor e o Agente de Guarda e Inspeção do Reservatório (AGIR), Silderlândio Alves.

Compartilhe: