Reunião aconteceu em Maranguape e marca o retorno gradual das atividades presenciais

A Comissão Gestora do Açude Penedo se reuniu presencialmente nesta sexta-feira (15) para acompanhar a situação do Açude Penedo, em Maranguape. Estiveram reunidos os membros da Comissão Gestora e representantes da Comunidade local, juntamente com a Cogerh e a Cagece, para discutir o andamento da operação definida na última reunião, realizada em 13 de julho deste ano.

Na ocasião, a ficha de evolução volumétrica do Açude, exibida por Marciana Barbosa, técnica da Cogerh, apontou que atualmente o reservatório está em estado de alerta, possuindo um volume equivalente a 32% da capacidade total. Os gráficos apresentados mostraram que o volume da operação realizada no período entre 13/07 a 12/10 foi abaixo do planejado, conforme indicam os dados abaixo.

Pelo estado crítico do açude, foi reforçado aos presentes a importância do uso consciente de água. Para garantir o abastecimento humano e a dessedentação animal, o Açude continuará liberando a vazão atual de 47 l/s para a Cagece até fevereiro de 2022.

Para além do acompanhamento da operação no reservatório, a reunião contou com um momento de deliberação entre moradores e instituições competentes que comprometeram-se a realizar um encontro para discutir as problemáticas enfrentadas no Açude Penedo, tais como a pesca irregular, queimadas e mau uso por parte da comunidade local.

Compartilhe: