Comissão de acompanhamento é formada por representantes do Comitê de Bacia do Curu e técnicos da Cogerh

A comissão que acompanha o andamento da operação dos açudes da Bacia do Curu avaliou as atividades de fiscalização, operação e qualidade da água dos reservatórios da região em encontro virtual realizado no último dia 10 de setembro. O momento, que funcionou como uma prestação de contas da operação dos açudes para o segundo semestre, avaliou a vazão simulada e a realizada nos reservatórios até o momento. A Comissão de acompanhamento é formada por representantes do Comitê de Bacia do Curu e técnicos da Cogerh.

As alocações de água acordadas junto ao Comitê de Bacia do Curu foram foco das discussões. Todas as decisões e deliberações relativas às alocações de água ocorreram por meio de videoconferência, em observância ao ao Art. 8º, da Portaria nº 566/2020, da Secretaria de Recursos Hídricos – SRH e ao regimento interno do Comitê, que valida decisões firmadas em reuniões virtuais.

Veja como ficou a análise do acompanhamento dos reservatórios da Bacia do Curu:

  • Açude General Sampaio, saldo de 1,09 hm³;
  • Açude Tejuçuoca, saldo de 2,06 hm³;
  • Açude Pentecoste, saldo de 1,72 hm³;
  • Açude Caxitoré, saldo de 3,72 hm³;
  • Açude Frios, saldo de 1,71 hm³;
  • Açude São Mateus, saldo de 0,04 hm³;
  • Açude Sousa, déficit de 0,13 hm³
  • Açude Itapajé, saldo de 0,49 hm³ e
  • Açude Jerimum, saldo de 0,16 hm³.

Já com a análise de cota real e cota simulada foi registrada diferença:

  • Açude Desterro, déficit de 0,05 m;
  • Açude Salão, déficit de 0,04 m e
  • Açude Escuridão, saldo de 0,54 m.

Segurança de Barragens

No âmbito da sua política de segurança de barragens, a Cogerh apresentou os serviços realizados para correções de anomalias, a exemplo do açude Tejuçuoca. Nele, foram executadas ações de recuperação do coroamento, construção de meios-fios e calhas (drenagem), recuperação das estruturas hidromecânicas, além da manutenção periódica e diária aplicada regularmente.

No açude São Mateus a Cogerh realizou serviços recuperação do coroamento e da proteção do talude de montante, aplicação de proteção granular no talude de jusante, roçagem e limpeza do talude de jusante.

As manutenções também foram foram realizadas no açude São Domingos, como serviços de roçagem e recuperação do coroamento, roçagem periódica do talude de jusante e montante, além de roçagem dos canais do sangradouro. Já as anomalias corrigidas nos açudes Desterro, Jerimum, Sousa, São Domingos e Itapajé tiveram um índice de correção percentual de 38,60 %.

Representantes de 24 instituições membros do Comitê e oito (8) da Secretaria Executiva participaram do encontro. A reunião foi conduzida pelo presidente do Comitê de Bacia, Sr. Daniel Gomes.

Compartilhe:

categorias: | Notícias
tags: # # #