Muro da Cogerh recebe artes finais com mensagens sobre conservação de água no semiárido

28/06/2019

Artistas de Fortaleza, Região Metropolitana e até do Maranhão estão envolvidos no projeto


Artistas ligados à Central Única das Favelas (Cufa) e de outros coletivos das periferias da Grande Fortaleza iniciam, nesta sexta-feira (28), a terceira e última etapa do grafite nos muros da Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh). É a última fase do Projeto “Águas do Nordeste”, que usa o espaço externo da Companhia para levar à população mensagens sobre a importância da conservação da água no semiárido.

Artistas de Fortaleza, Região Metropolitana e até do Maranhão estão envolvidos no projeto, que tem curadoria do artista Wesley Rocha, cearense radicado em São Paulo. “Os primeiros resultados ficaram de altíssima qualidade, os tons, as imagens, as mensagens. Conseguimos atingir o objetivo”, ressaltou Wesley Rocha. “A temática, mais uma vez, será a preservação, cuidados e uso consciente da água, trazendo o estilo de cada artista envolvido”, conclui Rocha, referindo-se à fase atual do projeto.

Passada a quadra chuvosa, é momento de retomar os trabalhos artísticos nesta etapa que fecha o ciclo de painéis nos muros da Cogerh. O presidente João Lúcio Farias, frisa o objetivo do projeto. ” Vamos dar ainda mais cores aos muros, ao tempo em que também levaremos importantes mensagens sobre a importância do uso inteligente, parcimonioso da água”.