Comitê dos Sertões de Crateús empossa novos membros

07/12/2018

Povos indígenas da região agora fazem parte do colegiado

Membros do Comitê da Bacia Hidrográfica dos Sertões de Crateús reuniram-se na última terça-feira (04), em Crateús, para empossar os novos membros do colegiado e encaminhar detalhes do processo de capacitação do grupo que compõe o Comitê.

O conselho dos povos indígenas da região agora integra o Comitê dos Sertões de Crateús. A posse dos povos indígenas de Tabajara, Calabaça e Poranga ocorreu durante a reunião ordinária do Comitê. Os novos membros ocupam a vaga destinada aos representantes dos usuários de água. A vaga ficou disponível o após desligamento da Associação de Defesa Ambiental, entidade que ocupava o setor.

O colegiado discutiu, ainda, o processo de capacitação do comitê e agendou atividades para os dias 16 e 17 de janeiro de 2019. A maior parte da capacitação será em campo com visita do colegiado ao Cânion do Rio Poti e à obra de construção do reservatório Lago de Fronteiras.

Demandas para 2019

 

Prioridade para 2019, o grupo debateu a realização do estudo de impacto ambiental da mineradora no município de Quiterianópolis e discutiu a compensação ambiental do Lago de Fronteiras para proteção da nascente do rio Poti e Cânion do Poti. Essas e outras demandas foram apresentadas ao governador Camilo Santana durante encontro ocorrido em agosto passado.

Estiveram reunidos 23 instituições que compõem do colegiado, além da equipe de gestão do escritório da Cogerh em Crateús. A Ordem dos Advogados do Brasil, subseção de Crateús, e a Universidade Estadual do Ceará (UECE) participaram como convidadas.