Cogerh reúne-se com Comissão Gestora do Açude Santo Antônio de Russas

13/05/2019

Integrantes da Comissão Gestora construíram seu regimento interno e elaboraram o plano de ação 2019 da Comissão

A Cogerh de Limoeiro do Norte, Gerência Regional das sub-bacias do Baixo e Médio Jaguaribe, realizou na última sexta-feira (10), na sede do anexo da Escola Municipal Uirandê Augusto Borges – antigo Centro de Inclusão Digital, distrito de Bonhú, no município de Russas, reunião de discussão do regimento interno e plano de ação 2019 da Comissão Gestora – CG do Açude Santo Antônio de Russas.

A dinâmica de construção tanto do regimento interno quanto do plano de ação se deu de forma democrática e participativa. Na ocasião, os técnicos da Cogerh levaram propostas que foram amplamente debatidas, pontualmente adaptadas à realidade local e acrescidas de sugestões da plenária. O resultado foi a constituição de documentos baseados no consenso coletivo, em consonância com os princípios da gestão participativa de recursos hídricos.

Uma das ações priorizadas pelo colegiado será a limpeza do açude através de mutirão juntamente como outras ações socioeducativas. O açude está localizado no município de Russas e possui capacidade de acumulação de 24 milhões de m3 de água. Construído pelo Departamento Nacional de Obras Contra as Secas – DNOCS e concluído no ano de 1927, atualmente mediante concessão é gerenciado pela Cogerh de Limoeiro do Norte. Considerado um sistema hídrico isolado de médio porte, o açude barra o rio Palhano e tem uma bacia hidrográfica que abrange 624,23 km² e uma bacia hidráulica de 865,54 ha. Atualmente se encontra com 100% de sua capacidade, vertendo desde o dia 05 de abril de 2019.

Durante o evento, estiveram presentes os Analistas em Gestão de Recursos Hídricos, Cleílson Almeida que conduziu a reunião e Aroldo Vidal que colaborou com o apoio técnico administrativo da sessão. Também participaram os membros integrantes da CG o Secretário de Agricultura do Município de Russas, Nílson Mendonça, representantes de diversas entidades associativas de comunidades localizadas no entorno do açude, como também moradores do distrito de Bonhú.